Radio Fé Web - Ao vivo

em manutenção

TV FÉ WEB

Loading...

quinta-feira, 31 de julho de 2014

Restaurando Relacionamentos: Ouça primeiro


#7AnosDeAdoração - Renata Lino e Mariana Valadão
O homem inteligente domina a sua ira:
sente honra em passar por cima das ofensas.Provérbios 19:11
Que ninguém procure apenas o seu interesse, mas também o dos outros.Filipenses 2:4
Assim o meu coração se azedou, e sinto picadas nos meus rins.
Assim me embruteci, e nada sabia; fiquei como um animal perante ti.

O terceiro passo bíblico para restaurar um relacionamento é a simpatizar com os sentimentos da outra pessoa.

Se você estiver indo para restaurar as relações quebradas, você precisa usar os seus ouvidos mais do que a boca. Antes de tentar resolver qualquer divergência você deve primeiro ouvir os sentimentos do outro. Paulo aconselhou: "Olhe para fora para um interesse do outro, não apenas para o seu próprio." (Filipenses 2:4 TEV)

A frase "olhar para fora" é a palavra grega skopos, das quais formam o nosso palavras telescópio e microscópio. Isso significa prestar muita atenção! Concentre-se em seus sentimentos, e não os fatos. Comece com simpatia, não soluções.

Não tente convencer as pessoas de como elas se sentem em primeiro lugar. Basta ouvir e deixá-los descarregar emocionalmente, sem ficar na defensiva. Nod que você entenda, mesmo quando você não concordar. Sentimentos nem sempre são verdadeiros ou lógicos. Na verdade, o ressentimento nos faz agir e pensar em maneiras tolas. David admitiu: "Quando os meus pensamentos eram amargas e meus sentimentos foram feridos, eu era tão estúpido como um animal." (Salmo 73:21-22 NTLH) Todos nós agimos bestial quando ferido.

Em contraste, a Bíblia diz: "A sabedoria do homem lhe dá paciência, é a sua glória está em esquecer ofensas." (Provérbios 19:11 NVI) Listening diz: "Eu valorizo ​​sua opinião, eu me preocupo com o nosso relacionamento, e você é importante para mim." O clich_ é verdade: as pessoas não se importam o que sabemos até que saibam que nos importamos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário