Radio Fé Web - Ao vivo

em manutenção

TV FÉ WEB

Loading...

quarta-feira, 5 de março de 2014

A História da Páscoa

Acesse: www.radiofeweb.com.br
segunda-feira

Esta passagem ilustra um dos propósitos essenciais para a vida de Jesus na Terra, para ser um exemplo humano de como Deus quer que vivamos. Jesus disse: "Faça o que eu faço." A parte mais incrível deste comando é que ele vem com uma oferta do poder de vivê-la. Jesus não só nos pede para tentar viver como o Filho de Deus de nossa própria força - Sua ressurreição nos deu acesso a Sua força. Hoje em dia, meditar sobre o exemplo que Cristo deixou para nós. O que significa lavar os pés parecer em suas próprias relações e circunstâncias? Como você pode servir aos outros desta forma mais básica como Jesus fez por Seus amigos?

Jesus lava os pés dos discípulos - João 13
1Faltava somente um dia para a Festa da Páscoa. Jesus sabia que tinha chegado a hora de deixar este mundo e ir para o Pai. Ele sempre havia amado os seus que estavam neste mundo e os amou até o fim.
2Jesus e os seus discípulos estavam jantando. O Diabo já havia posto na cabeça de Judas, filho de Simão Iscariotes, a ideia de trair Jesus. 3Jesus sabia que o Pai lhe tinha dado todo o poder. E sabia também que tinha vindo de Deus e ia para Deus. 4Então se levantou, tirou a sua capa, pegou uma toalha e amarrou na cintura. 5Em seguida pôs água numa bacia e começou a lavar os pés dos discípulos e a enxugá-los com a toalha. 6Quando chegou perto de Simão Pedro, este lhe perguntou:
— Vai lavar os meus pés, Senhor?
7Jesus respondeu:
— Agora você não entende o que estou fazendo, porém mais tarde vai entender!
8— O senhor nunca lavará os meus pés! — disse Pedro.
— Se eu não lavar, você não será mais meu discípulo! — respondeu Jesus.
9— Então, Senhor, não lave somente os meus pés; lave também as minhas mãos e a minha cabeça! — pediu Simão Pedro.
10Aí Jesus disse:
— Quem já tomou banho está completamente limpo e precisa lavar somente os pés. Vocês todos estão limpos, isto é, todos menos um.
11Jesus sabia quem era o traidor. Foi por isso que disse: “Todos menos um.”
12Depois de lavar os pés dos seus discípulos, Jesus vestiu de novo a capa, sentou-se outra vez à mesa e perguntou:
— Vocês entenderam o que eu fiz? 13Vocês me chamam de “Mestre” e de “Senhor” e têm razão, pois eu sou mesmo.14Se eu, o Senhor e o Mestre, lavei os pés de vocês, então vocês devem lavar os pés uns dos outros. 15Pois eu dei o exemplo para que vocês façam o que eu fiz. 16Eu afirmo a vocês que isto é verdade: o empregado não é mais importante do que o patrão, e o mensageiro não é mais importante do que aquele que o enviou. 17Já que vocês conhecem esta verdade, serão felizes se a praticarem.
18— Não estou falando de vocês todos; eu conheço aqueles que escolhi. Pois tem de se cumprir o que as Escrituras Sagradas dizem: “Aquele que toma refeições comigo se virou contra mim”. 19Digo isso a vocês agora, antes que aconteça, para que, quando acontecer, vocês creiam que “Eu Sou Quem Sou”. 20Eu afirmo a vocês que isto é verdade: quem receber aquele que eu enviar estará também me recebendo; e quem me recebe recebe aquele que me enviou.
Jesus aponta o traidor
Mateus 26.17-25; Marcos 14.12-21; Lucas 22.7-13,21-23
21Depois de dizer isso, Jesus ficou muito aflito e declarou abertamente aos discípulos:
— Eu afirmo a vocês que isto é verdade: um de vocês vai me trair.
22Então eles olharam uns para os outros, sem saber de quem ele estava falando. 23Ao lado de Jesus estava sentado um deles, a quem Jesus amava. 24Simão Pedro fez um sinal para ele e disse:
— Pergunte de quem o Mestre está falando.
25Então aquele discípulo chegou mais perto de Jesus e perguntou:
— Senhor, quem é ele?
26— É aquele a quem vou dar um pedaço de pão passado no molho! — respondeu Jesus.
Em seguida pegou um pedaço de pão, passou no molho e deu a Judas, filho de Simão Iscariotes. 27E assim que Judas recebeu o pão, Satanás entrou nele. Então Jesus disse a Judas:
— O que você vai fazer faça logo!
28Nenhum dos que estavam à mesa entendeu por que Jesus disse isso. 29Como era Judas que tomava conta da bolsa do dinheiro, alguns pensaram que Jesus tinha mandado que ele comprasse alguma coisa para a festa ou desse alguma ajuda aos pobres.
30Judas recebeu o pão e saiu logo. E era noite.
O novo mandamento
31Quando Judas saiu, Jesus disse:
— Agora a natureza divina do Filho do Homem é revelada, e por meio dele é revelada também a natureza gloriosa de Deus.32E, se por meio dele a natureza gloriosa de Deus for revelada, então Deus revelará em si mesmo a natureza divina do Filho do Homem. E Deus fará isso agora mesmo. 33Meus filhos, não vou ficar com vocês por muito tempo. Vocês vão me procurar, mas eu digo agora o que já disse aos líderes judeus: vocês não podem ir para onde eu vou. 34Eu lhes dou este novo mandamento: amem uns aos outros. Assim como eu os amei, amem também uns aos outros. 35Se tiverem amor uns pelos outros, todos saberão que vocês são meus discípulos.
Pedro é avisado
Mateus 26.31-35; Marcos 14.27-31; Lucas 22.31-34
36Simão Pedro perguntou a Jesus:
— Senhor, para onde é que o senhor vai?
Jesus respondeu:
— Você não pode ir agora para onde eu vou. Um dia você poderá me seguir!
37Pedro tornou a perguntar:
— Senhor, por que eu não posso segui-lo agora? Eu estou pronto para morrer pelo senhor!
38— Está mesmo? — perguntou Jesus. — Pois eu afirmo a você que isto é verdade: antes que o galo cante, você dirá três vezes que não me conhece.


Jesus, o caminho para o Pai - João 14
1Jesus disse:
— Não fiquem aflitos. Creiam em Deus e creiam também em mim. 2Na casa do meu Pai há muitos quartos, e eu vou preparar um lugar para vocês. Se não fosse assim, eu já lhes teria dito. 3E, depois que eu for e preparar um lugar para vocês, voltarei e os levarei comigo para que onde eu estiver vocês estejam também. 4E vocês conhecem o caminho para o lugar aonde eu vou.
5Então Tomé perguntou:
— Senhor, nós não sabemos aonde é que o senhor vai. Como podemos saber o caminho?
6Jesus respondeu:
— Eu sou o caminho, a verdade e a vida; ninguém pode chegar até o Pai a não ser por mim. 7Agora que vocês me conhecem, conhecerão também o meu Pai. E desde agora vocês o conhecem e o têm visto.
8Filipe disse a Jesus:
— Senhor, mostre-nos o Pai, e assim não precisaremos de mais nada.
9Jesus respondeu:
— Faz tanto tempo que estou com vocês, Filipe, e você ainda não me conhece? Quem me vê vê também o Pai. Por que é que você diz: “Mostre-nos o Pai”? 10Será que você não crê que eu estou no Pai e que o Pai está em mim?
Então Jesus disse aos discípulos:
— O que eu digo a vocês não digo em meu próprio nome; o Pai, que está em mim, é quem faz o seu trabalho. 11Creiam no que lhes digo: eu estou no Pai e o Pai está em mim. Se vocês não creem por causa das minhas palavras, creiam pelo menos por causa das coisas que eu faço. 12Eu afirmo a vocês que isto é verdade: quem crê em mim fará as coisas que eu faço e até maiores do que estas, pois eu vou para o meu Pai. 13E tudo o que vocês pedirem em meu nome eu farei, a fim de que o Filho revele a natureza gloriosa do Pai.14Eu farei qualquer coisa que vocês me pedirem em meu nome.
Jesus promete o Espírito Santo
15Jesus continuou:
— Se vocês me amam, obedeçam aos meus mandamentos.16Eu pedirei ao Pai, e ele lhes dará outro Auxiliador, o Espírito da verdade, para ficar com vocês para sempre. 17O mundo não pode receber esse Espírito porque não o pode ver, nem conhecer. Mas vocês o conhecem porque ele está com vocês e viverá em vocês.
18— Não vou deixá-los abandonados, mas voltarei para ficar com vocês. 19Daqui a pouco o mundo não me verá mais, mas vocês me verão. E, porque eu vivo, vocês também viverão. 20Quando chegar aquele dia, vocês ficarão sabendo que eu estou no meu Pai e que vocês estão em mim, assim como eu estou em vocês.
21— A pessoa que aceita e obedece aos meus mandamentos prova que me ama. E a pessoa que me ama será amada pelo meu Pai, e eu também a amarei e lhe mostrarei quem sou.
22Então Judas, não o Judas Iscariotes, perguntou:
— Senhor, como será possível que o senhor mostre somente a nós e não ao mundo quem o senhor é?
23Jesus respondeu:
— A pessoa que me ama obedecerá à minha mensagem, e o meu Pai a amará. E o meu Pai e eu viremos viver com ela.24A pessoa que não me ama não obedece à minha mensagem. E a mensagem que vocês estão escutando não é minha, mas do Pai, que me enviou.
25— Tenho dito isso enquanto estou com vocês. 26Mas o Auxiliador, o Espírito Santo, que o Pai vai enviar em meu nome, ensinará a vocês todas as coisas e fará com que lembrem de tudo o que eu disse a vocês.
27— Deixo com vocês a paz. É a minha paz que eu lhes dou; não lhes dou a paz como o mundo a dá. Não fiquem aflitos, nem tenham medo. 28Vocês ouviram o que eu disse: “Eu vou, mas voltarei para ficar com vocês.” Se vocês me amassem, ficariam alegres, sabendo que vou para o Pai, pois o Pai é mais poderoso do que eu. 29Digo isso agora, antes que essas coisas aconteçam, para que, quando acontecerem, vocês creiam. 30Não posso continuar a falar com vocês por muito tempo, pois está chegando aquele que manda neste mundo. Ele não tem poder sobre mim; 31mas o mundo precisa saber que eu amo o Pai e que, por isso, faço tudo o que ele manda.
— Levantem-se, vamos sair daqui!

Nenhum comentário:

Postar um comentário